A história do bairro Barra da Tijuca no Rio de Janeiro

Localizado na zona oeste do Rio de Janeiro, o Bairro Barra da Tijuca tem muita história para contar. É um local que apresenta um crescimento mais “atual” já que, durante a virada do século XX para o XXI aumentou bastante a quantidade de habitantes na região, bem como ocorreram mudanças na gastronomia, nas finanças e até mesmo no turismo!

É também um local muito moderno e já sediou jogos olímpicos de verão no ano de 2016. O seu nome é baseado em uma palavra de origem Tupi, já que eram esses povos que viviam na região antes da colonização. O bairro também já foi tema de um livro.

E para fazer parte da história é que o Oceana Golf Absolute Design chega para ficar, com apartamento na planta, sendo ótima opção de investimento na região, você precisa conhecer!

Se gosta de história e já ouviu falar do local, que tal fazer uma viagem sobre os principais acontecimentos da região? Vamos lá!

Mais sobre o nome

A palavra barra possui um significado simples, baseado em termos da navegação e significa foz de um rio. Também pode representar a entrada de um porto ou baía, característica importante na região.

A palavra Tijuca, por outro lado, significa “caminho para o mar”. Isso aconteceu, provavelmente, porque na região havia muitas cachoeiras e lagoas que se interligavam. Elas se conectam com o mar, assim o nome do local foi criado.

Mas calma aí, há muito mais sobre o Bairro da Tijuca para aprender!

Como tudo surgiu

Apesar de ser novo no cenário do Rio de Janeiro como uma zona urbana, a região já está há muito tempo na história como um local rural!

A história das ocupações na terra começou já nos primeiros anos da colonização portuguesa. Tudo aconteceu graças a uma guerra travada contra os franceses. Como existiu auxílio de muitos a coroa portuguesa concordou em premiar algumas dessas pessoas com um pedaço de terra na região.

Talvez algo pequeno, mas que conseguiu gerar a região que hoje conhecemos como Bairro da Tijuca!

Até a era dos engenhos

Mem de Sá e Estácio de Sá, que são dois nomes conhecidos na história brasileira, tiveram uma grande importância na povoação do local. Ainda no século XVI, já havia um grande número de terras sob domínio das famílias desses dois.

É claro, a região que hoje conhecemos já mudou bastante desde então, mas a grande importância dela naquele momento estava ligada diretamente com a possibilidade de investir na criação de gado e em outras atividades econômicas.

No entanto, a proximidade com lagoas e lamaçais impossibilitaram essa atividade em determinadas regiões, por esse motivo durante muito tempo uma parte da região não era incorporada da maneira correta.

Bem, voltando um pouco no tempo. Depois da guerra contra os Franceses, o Rio de Janeiro passou por diversas mudanças (ele era a capital do Brasil naquela época). Novos governadores surgiram e um deles, também parente de Mem de Sá, concedeu aos seus filhos direito a uma grande parte de terra que completava uma extensão da Tijuca e Jacarepaguá!

Durante muito tempo aconteceram mudanças severas na localização e muitas questões entraram em jogo, tanto questões políticas como econômicas, e então vamos partir para outro momento importante para a região, o final do século XIX e início do XX.

Loteamentos e urbanização

Depois do grande período da retirada da cana de açúcar, todo o Brasil passou por mudanças severas. Na Barra da Tijuca, onde essa atividade era comum, aconteceu algo importante: as fazendas da região, em partes, conseguiram mudar completamente sua produção para café.

Outras, porém, acabaram sendo desmembradas. E isso mudou completamente o cenário da Tijuca, assim, ainda no século XX começou o processo de urbanização!

Foi com certeza a mudança mais importante e atual para o local. Foi dada no momento em que Negrão de Lima, quando este ainda governava Guanabara. É importante destacar esse nome porque foi a partir dele que pode existir um projeto “piloto” para a urbanização da região.

Lúcio Costa, apresentou essa proposta que foi bem aceita. No final, já por volta da década de 70, muitos moradores de várias localidades do Rio de Janeiro começaram a migrar para o Bairro da Tijuca, comprando lotes e povoando o local de forma mais efetiva! O objetivo deles era encontrar um bom investimento para fazer.

Chegamos à atualidade

É, como podemos ver, existe uma história extensa no cenário da Barra. As mudanças conseguiram trazer cada vez mais o território para o “mapa”. Agora, já mais moderna e com investimentos, a região já chama atenção de turistas.

De uma região não tão valorizada até agora, acaba sendo extremamente importante considerar essas mudanças que se passaram na paisagem, na economia, política e sociais.

Não faz muito tempo que o prefeito da região fez projetos para urbanização dos calçadões, construindo um local perfeito para ciclovias e vários quiosques.

Gostou do conteúdo? Em nosso Blog você encontra outros como este!

Escola das Milhas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *