Seguro Viagem – Vale a pena?

Seguro Viagem – Vale a pena?

Quando falamos sobre viagem, muitos itens são colocados na lista, como os objetos pessoais na mala, até as passagens para o destino escolhido. Mas, imagine que durante as suas férias, acontece algum imprevisto.

Pode acontecer um furto ou extravio de sua bagagem, um roubo de objetos pessoais no hotel em que estiver hospedado, ou até alguma emergência médica que necessitaria ir ao hospital.

Pensando dessa forma, pode parecer uma visão um tanto pessimista do futuro, mas, nos dias de hoje, todo cuidado é pouco quando se viaja para as grandes capitais, ou para lugares desconhecidos.

Como contratar um seguro de viagem

O custo com o seguro de viagem pode parecer desnecessário, e até oneroso a princípio, mas mesmo que você não chegue a usá-lo, é melhor prevenir um acidente ou imprevisto, do que remediar.

Para contratar um seguro de viagem, você pode fazer pela internet, ou em qualquer corretora que tenha endereço físico. Caso você tenha plano de saúde, alguns têm a cobertura estendida para viagens internacionais e nacionais.

Todos os seguros de viagem disponíveis no mercado, são obrigados a cobrirem: riscos de morte acidental, invalidez total ou parcial, assistência médica, odontológica, furto, roubo, extravio de bagagem e cobertura de viagem de um familiar, em caso de urgência.

Todas as informações são escolhidas e contratadas pelo segurado, mediante elaboração de contrato, chamado de apólice de seguros. Depois é só conferir todas as cláusulas do documento, e tirar todas as suas dúvidas com o corretor.

Na apólice de seguro, pode-se encontrar todos os telefones de contato da corretora, disponíveis para o segurado ligar quando precisar. A respeito do valor pago em um seguro de viagem, depende da quantidade de dias do passeio, quantas pessoas estão viajando, e etc.

O quesito idade também é considerado, pois, para pessoas acima de 70 anos, considera-se o risco maior de ocorrer uma fatalidade, acidente ou imprevisto emergencial.

Dicas para adquirir o melhor seguro de viagem

– Esse serviço é contratado antes da viagem, e não na cidade ou país para onde se vai viajar;

– Compare os preços de todos os seguros de viagem cotados, e peça descontos se for possível, mas cuidado com os preços demasiadamente baixos;

– Pesquise na internet, a reputação das seguradoras, e como elas resolveram os conflitos e problemas de outros clientes;

– Pesquise sobre o tempo de mercado das corretoras, bem como se foram abertas recentemente, ou já acumulam boa experiência; analise como é o atendimento ao cliente; 

– Atente-se para dois tipos de cobertura de viagem disponíveis no mercado: o seguro e a assistência; no primeiro, o cliente contrata o serviço, e se precisar usar, paga as suas despesas do próprio bolso, e depois pede o reembolso;

Na segunda opção, o cliente compra um pacote de serviços, e não precisa pagar nada do seu bolso na hora, nem mesmo pedir o reembolso depois;

– Algumas operadoras de cartão de crédito oferecem um seguro de viagem, quando são compradas as passagens através dele. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *